Redes Brasil

Projeto 555 – Aula 1: ISP do Zero

Você já conhece o projeto 555?
Todos os sábados às 5:55 da manhã a Redes Brasil realiza aulas de reciclagem e aprimoramento para os seus colaboradores. Hoje a aula foi aberta ao público, e nela nós configuramos um ISP do zero!

Nessa aula você vai ver alguns tópicos essenciais para provedores de acesso, tais como:

  • Configurar uma sessão BGP e anunciar os seus prefixos;
  • Configurar o roteamento da rede com OSPF;
  • Onde e como fazer o CGNAT;
  • Concentradores PPPoE;
  • Boas práticas para cada função de equipamento.

Vocês podem baixar o laboratório e a apostila usada nessa aula nos seguintes links:

14 de novembro de 2020

14 responses on "Projeto 555 - Aula 1: ISP do Zero"

  1. Boa tarde Thales, tudo bem?

    A aula foi sensacional!
    Mas infelizmente não acompanhei o aulão de cgnat, teria alguma possibilidade de disponibilizar novamente?

    Obrigado.

  2. Meu NAT geral não funciona com Same e nem com src-nat, so funciona com masquerade. quando coloco qualquer outro o OSPF cai....poderia ajudar?

    • Olá Jânio, tudo bem?
      O que está acontecendo é o seguinte: o seu OSPF está sendo "nateado" pelas regras de NAT.
      Existem algumas formas bem simples de você resolver isso, vou citar duas aqui:

      Primeiro, você pode criar uma regra de acept no NAT e colocar ela em primeiro, aceitando apenas o protocolo OSPF, da seguinte forma:

      /ip firewall nat add chain=srcnat action=accept protocol=89 place-before=0 comment="Remove o NAT do OSPF"

      Segundo, você pode usar a action notrack da tabela raw para que o OSPF não passe pela conntrack, consequentemente não sendo "nateado":

      /ip firewall raw add chain=prerouting protocol=89 action=notrack place-before=0 comment="Remove o OSPF da conntrack"

      Qualquer dúvida não hesite em entrar em contato, grande abraço!

  3. Caro amigo Thales, obrigado pela orientação eu ja suspeitado que o problema fosse esse, então fiz o seguinte: adicionei ao addres-list rede-local-global a rede 224.0.0.0/4, poderia comentar essa ação? desde ja obrigado por ter respondido.

    • Olá Jânio, agradeço o feedback. Para não influenciar em outras coisas, eu particularmente não utilizaria
      a rede de multicast na mesma list rede-local-global. Existem outras formas mais específicas para você trabalhar isso,
      como por exemplo na sua regra de NAT geral você pode colocar no campo extra em dst-address-type=multicast e marcar o invert.
      Ou então você pode fazer o contrário, cria um srcnat action acept e em dst-address-type=multicast e subir a regra para ser a primeira do
      firewall NAT. Ou seja, tudo que for destinado a tipos de endereço multicast, vai aceitar sem NATear.

      Qualquer dúvida não hesite em entrar em contato, grande abraço!

  4. Valew Thales.....vou testar essas opçoes tambem..muito obrigado.

  5. Fiz essa "você pode colocar no campo extra em dst-address-type=multicast e marcar o invert." ficou top...valew grande abraço

  6. Olá grande Thales, boa noite! tudo bem? olha assistir seu aulão da 5:55 e foi sensacional. Muito bom mesmo, parabéns e espero novas oportunidades. Mais vim pedi um ajuda ao tentar baixar arquivo e importar para o EVE-NG esta apresentando erro de tamanho de 0,01kb. poderia me orientar como posso importar o LAB para estudos?

  7. Boa noite tem o seguinte senário dois links dedicados um da vivo com um /29 entregue na ether1 perco 3 ips como fazer o cgnat dos restante de ip piblicos, tenho o outro link2 com um /30 entregue na ether 2, porem a empresa me deu mais um /30 para publico para usar. Atualmente eu uso srcnat do link 2 para todos os meus clientes, porem quando esse link cai eu não consigo usar o link 1 da vivo para clientes usar até o outro restabelecer a conexão, ai tenho que desativar as regras de srcnat do link 2 para ai o link 1 comecar a funcionar porem como masquared, pode me da uma dica. mais vou fazer o curso pra aprofundar mais.

    • Olá Gilson, tudo bem? Você pode tentar especificar a "out-interface" e selecionar a interface que você recebe o link nas suas regras de src-nat e utilizar a action src-nat ao invés do masquerade, assim aquela regra vai ficar mais específica e só vai funcionar caso os pacote estejam saindo pela interface que você recebe o link daquela operadora. Qualquer dúvida não hesite em entrar em contato, grande abraço!

Deixe sua mensagem

VALIDAR CERTIFICADO

Redes Brasil - Central de Atendimento: (64) 3416-2345
WhatsApp chat