Redes Brasil

Firewall básico com MikroTik.

Na aula a seguir eu mostro na prática, como criar regras simples e eficientes de Firewall para que você consiga boquear tráfego entre duas redes.

Espero que goste. Se liga no vídeo.

3 de agosto de 2020

6 responses on "Firewall básico com MikroTik."

  1. Olá pessoal primeiramente venho agradecer e tenho enorme prazer de ter conhecido a redes brasil especialmente o francisco neto, já fiz alguns curso com o professor que excecional a linguagem como trata o assunto!!! mais uma vez obrigado francisco neto e toda a equipe da REDES BRASIL, VCS SÃO 1000000000000.

    Pessoal eu estou com um duvida sobre uma regra a fazer, tenho um cenário que tenho 2 link de internet(primário no modo dinâmico em dhcp, e o secundário IP FIXO da operadora) e tenho um serviço que preciso acessar pelo link do ip fixo que seria o secundário.
    como faço para acessar externamente chegando pela link secundário o ip fixo?

    obrigado e no aguardo

    • Olá Gabriel, tudo bem?
      Ficamos muito gratos com o seu feedback, esse tipo de comentário nos incentiva a continuar a jornada!
      Sobre a sua dúvida, basicamente você vai precisar 2 duas tabelas de roteamento distintas e usar o mangle para marcar os pacotes e roteamento, fazendo que o que entre pelo link A saia pelo link A e o que entre pelo link B saia pelo link B, cada um olhando na sua respectiva tabela de roteamento.

      Grande abraço!

  2. Olá Francisco,
    Poderia me dar um help
    Preciso disponibilizar banda para que eu possa upar uns arquivos para nuvem; OneDrive, telegram e também rede local,

    "o que acontece hoje"

    ao copiar arquivos do pc para servidor de arquivos na "rede local" a taxa não passa de 11.3Mbps
    tanto a porta lan do pc quanto do servidor são 10/100/1000
    penso eu que seja algum bloqueio ou configuração na Rb

    Banda de internet
    up: 150
    down: 300

    Desde já agradeço pela força.

    • Olá Cristian, tudo bem?
      Tem um detalhe interessante nesse aspecto: a taxa de largura de banda dos planos de internet (a famosa "velocidade contratada") é medida em MEGA bits (sigla Mb).
      Já a taxa de trasnferência mostrada nos computadores ao fazer um download ou upload para a internet, é medida em MEGA BYTES (sigla MB).
      Como 1 byte correspondem a 8 bits, normalmente a taxa mostrada ao transferir arquivos no computador vai ser de 1/8 (um oitavo) da velocidade total da internet. Isso eu estou levando em consideração que você use o seu link de internet para upar algum arquivo, agora vamos ao caso da rede local.

      Primeiro passo que você pode fazer é verificar se realmente em todo o circuito de equipamentos as portas estão linkadas a 1Gbps. Falo isso pois mesmo a porta sendo 10/100/1000 a depender do cabo e da placa de rede do dispositivo, por exemplo, pode ser que ela link em 100Mbps.

      Caso esteja tudo em 1000, recomendo que você verifique o processamento do equipamento na hora da transferência, pois em geral se você não tiver nenhuma queue ou então regras que limitem isso, a única limitação que vai haver é baseada no potencial do processador da sua RB.

      Qualquer dúvida é só entrar em contato, grande abraço!

Deixe sua mensagem

VALIDAR CERTIFICADO

Redes Brasil - Central de Atendimento: (64) 3416-2345
WhatsApp chat